Datas importantes na capoeira - Tucumã Brasil ® Oficial
Apoie este trabalho
Datas importantes na capoeira

Datas importantes na capoeira

Share This
Datas importantes na Capoeira

1532 - Índios escravizados.

1548 - Os negros africanos começaram a ser desembarcados no Brasil.

1577 – Primeiro Registro do vocábulo "capoeira" na língua portuguesa: Padre Fernão Cardim (SJ), no obra "Do Clima e da Terra do Brasil". Conotação: vegetação secundária, roça abandonada.

1640 – Evasão dos escravos africanos para o interior do Brasil. Organização de dezenas de quilombos. Surgem as expressões: "negros da capoeira", "negros capoeiras" e "capoeiras".

1655 - Zumbi nasce em Palmares.
20 de Novembro de 1695 - Zumbi foi assassinado e o Quilombo de Palmares destruído.

1820 - Escravo preso por causa da prática de capoeira tinha como castigo 300 açoites e prisão de 3(três) meses.

1821 – Decisão governamental de 5 de novembro, determina providências que deveriam ser tomadas contra os negros capoeiras na cidade do Rio de Janeiro.

1831 – Descisão de 27 de julho no RJ: manda que a junta policial proponha medidas para a captura e punição dos capoeiras e malfeitores.

1832 – Postura de 17 de novembro no RJ, proibindo o "Jogo da Capoeira".

1835 - Revolta dos Males, Bahia.

1845 – Parlamento inglês aprova a Lei Bill Aberdeen, proibindo o tráfico negreiro. 

1864/1870 – Escravos são recrutados para defender o Brasil na Guerra do Paraguai, com a promessa de serem alforriados em caso de vitória. O Brasil vence o conflito, graças aos atos de bravura dos capoeiristas e a capoeira passaria a ser chamada de arte marcial brasileira.

1850 - O Brasil cedeu às pressões inglesas e aprovou a Lei Eusébio de Queiróz que acabou com o tráfico negreiro.

28 de setembro de 1871 - Era aprovada a Lei do Ventre Livre que dava liberdade aos filhos de escravos nascidos a partir daquela data.

1885 - Era promulgada a Lei dos Sexagenários que garantia liberdade aos escravos com mais de 60 anos de idade.

13 de Maio de 1888 - A princesa Isabel assina a Lei Áurea que aboliu a escravatura.

1889 – Proclamação da República. Deportação dos capoeiras considerados criminosos para o Arquipélago de Fernando de Noronha. Nasce a proposta da Ginastica Nacional, a partir do reaproveitamento dos movimentos da Capoeira. Esta forma esportiva foi liberada pela polícia.

5 de Abril de 1889 - Nasce Vicente Ferreira Pastinha (Mestre Pastinha) no Largo do Pelourinho, em Salvador (Bahia).

11 de outubro de 1890 – (com a Proclamação da República) a capoeira foi muito perseguida, chegando explicitamente a fazer parte do Código Penal Brasileiro, através do Decreto n° 487 artigos 402, 403 e 404 que tratava "Dos, Vadios e Capoeiras".

1895 ou 1900- Nascimento de Besouro Magangá

23 de Novembro de 1900 - Nasce Manoel dos Reis Machado (Mestre Bimba) na freguesia de Brotas, bairro de Engenho Novo, Salvador (Bahia).

1928 - É criada a Luta Regional Baiana (Capoeira Regional) por Manoel dos Reis Machado - Mestre Bimba.

8 de julho de 1924- Morte de Besouro Magangá

1928 – Surge no Rio de Janeiro o primeiro Código Desportivo de Capoeira sobre o nome de "Gymnastica Nacional (Capoeiragem) Methodizada e Regrada". Este trabalho, de autoria de Annibal Burlamarqui (Zuma), trouxe uma nomenclatura ilustrada de golpes e contragolpes, área de competição, regulamento de competição, critérios de formação de árbitros, fundamentos históricos, uniformes etc.

1930 – Mestre Sinhozinho cria o Club Nacional de Gymnastica, no Rio de Janeiro, para divulgar a capoeira.

1934 – Mestre Bimba funda o Centro de Cultura Física e Luta Regional, que começou a funcionar provisoriamente sem alvará

1936 – Com a implantação do Estado Novo de Getúlio Vargas, a capoeira sai da ilegalidade através do decreto presidencial que a "descriminaliza, desde que dançada e lutada com berimbau e atabaque".

1937 – Legalização do Centro de Cultura Física e Luta Regional, através do Alvará nº 111, da Prefeitura de Salvador. Enfocando seu trabalho no campo esportivo, obtêm aceitação social, passando a ensinar para as elites econômicas, políticas, militares e universitárias.

1940 – Decreto 2848. Instituiu o novo Código Penal Brasileiro, a partir desta data o uso da palavra "capoeira" tem transitado sem conotações policiais.

1941 – Fundação do Centro Esportivo Capoeira Angola, em Salvador, tendo a frente o Mestre Vicente Ferreira Pastinha. Decreto 3.199 estabelece as bases da organização dos esportes no Brasil. Com apoio neste ato foi constituída a Confederação Brasileira de Pugilismo – CBP que já na fundação instituía o Departamento Nacional de Luta Brasileira, embrião da futura Confederação Brasileira de Capoeira. A capoeira nasce como esporte nacional, como modalidade do boxe. Este foi o primeiro reconhecimento esportivo oficial da modalidade.

1950 – TV Tupi, a primeira emissora de televisão brasileira, inaugura suas transmissões regulares em São Paulo, com um show artístico que incluiu uma exibição de capoeira, em Ipanema (RJ), é erguido o busto de Sinhozinho, a primeira escultura de um capoeirista em praça pública.

1953 – O então Presidente Getúlio Vargas disse ser, a Capoeira "o único esporte verdadeiramente nacional". Este fato aconteceu quando assistia, no Palácio da Aclamação, juntamente com o Governador da Bahia, Dr. Régis Pacheco, uma apresentação desta arte/luta organizada e demonstrada pelo Mestre Bimba. Vale ressaltar que esta data marca a introdução da Capoeira na sociedade e o Conselho Nacional de Desportos expede a Resolução 071, estabelecendo critérios pra a prática desportiva da Capoeira.

1961 – A Capoeira é introduzida no currículo de ensino da Polícia Militar da Guanabara - RJ.

1972 - Institucionalizou-se como Esporte pelo Conselho Nacional de Desportos. 

1973 - A Capoeira passa a ser considerada o esporte genuinamente brasileiro pela sua história, tradição e movimento popular. 

05 de fevereiro de 1974 - Morre Mestre Bimba (Manoel dos Reis Machado). 

13 de novembro em 1981 - Morre Mestre Pastinha (Vicente Joaquim Ferreira Pastinha). 

1985 - A capoeira foi introduzida nos jogos estudantis brasileiros. 

1988 - O ministério da Educação escala uma equipe para entrevistar velhos mestres da Bahia, que gera um material importantíssimo para a historia da capoeira. 

1992 - É fundada no Rio de Janeiro a Confederação Brasileira de Capoeira Regional. 

1996 - Criação do Jornal da Capoeira. 

1998 - Criação da Revista Capoeira. 

1998 – Criação da Terapia através da capoeira capoterapia um novo estilo de vida Criada pelo Mestre Gilvan Brasilia DF

9 de Janeiro de 2003 - Promulgada a Lei 10639/03 que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira", e institui no calendário escolar o dia 20 de Novembro como Dia Nacional da Consciência Negra. 

15 de Julho de 2008 - A capoeira foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

Popular Posts

Pages