Tucumã Brasil - Plataforma de difusão cultural

2017

Mestre Jerônimo - Roda virtual

Leave a Comment
" O brasileiro ainda não aprendeu a valorizar nossa arte.
É uma identidade brasileira."

 ==== *como me pediram outros pra traduzir a msg original do ingles que enviei no assunto da valorizacao da cultura e da identidade do Brasil e do povo brs... vou enviando a interpretacao do meu texto pra evitar mal entendido de 'lingua' & pra tirar os "nove fora" do que falei, inclusive durante esse 7 de setembro ... olimpico ? -- Axe'! pra Rod@. ======== Capoera, seu significado na Vida? – E, o que realmente representa esta cultura para o povo brasileiro ... Capoera Brasileira, {Capuera, Kaa-puera, Capoeira...}, entre outros nomes próprios e apelidos atribuídos à nossa arte manha, ainda vive “mascarada” entre o mito e incerteza de suas origens coloniais. Mas, o presente da Capoera esta muito bem ativo e bem divulgado. Contudo, infelizmente, ainda, a maioria das pessoas irão associar Capoera como sendo somente uma simples atividade de fazer educação física, e ginasticas para agradar touristas. Pois, para tornar evidente o respeito para com a cultura do povo do Brasil, e sua arte histórica, os capueristas devem exigir que as tradições da Capoera do Brasil sejam identificadas com uma referência de escrita usando um C bem maiusculo de Capoera. Ao contrário do que no idioma do povo português, que no Brasil colonia foi imposicionado pelos invadores europeus para ser a única linguagem falada e escrita no Brasil, o nome de “capoeira” ainda é escrito com um “c” de letra minuscula, quando estes se referem à cultura do povo do Brasil e à Capoera Brasileira. Esta atitude provoca uma nuança de insulto racista contra povo o brasileiro e sua cultura, que não tem nada a ver com a cultura de “capoeira” dos portugueses, e outros, quiças. Portanto, nois brasileiros devemos continuar a ‘Gingar Capoera’ como um instrumento de luta e resistência contra a arrogancia que promove o desrespeito e racismo. Ademais, com uma referência mais inclusiva do sentido da Capoera Brasileira, devemos todos almejar para adicionar um valor educacional para “reciclar” a indocrinação da mentira que promove o desrespeito e o racismo que foi legalizado pelas primeiras administrações dos Portugueses no perido colonial, e mantidas pelas futuras administrações governamentais que também patrocinam para a discriminação social e corrupção do legado cultural do povo brasileiro. Escrevendo meu primeiro livro em 1995, publicado em Sydney-Australia, dei esta definição para o que é Capoera: um ritual de e$cravos, ou, $lave Ritual; – com um cifrão em vez de um ‘s’ para realmente tornar evidente o significado da situação social de gente escravisada, no contexto da prática da Capoera na vida. Assim, eu ensino meus alunos que Capoera é um ritual, e luta, que nasceu no Brasil colonia e na sua raiz cultural contem a sabedoria e austúcia da resistência contra a opressão e a escravidão, música, artezanato, dança, política, arte marcial e movimentos de ginasticas. E, fazendo jus ao sentido da “fala” dos portugueses, aonde o termo “capoeira” no Brasil também conota uma atividade de gente escravizada, eu defino o ser social do capuerista como sendo um cidadão que ‘joga a Capoera na Roda, da vida’; Capoera é pra sobreviver da opressão e se graduar na liberdade. A minha interpretação do significado de Capoera, inclui toda pessoa física que esteja em uma condicão de “escravo”; seja pagando taxa pro “leão”, IPTU, INSS, aluguel, e taxa bancaria, entre outras “escravaturas” presentes: esta pessoa, é um capuerista! O ser capuerista não precisa absolutamente somente estar fazendo movimento físico de ginastica em Roda de Capoera para ser reconhecido como tal. Pois, diziam e dizem ainda muitos dos “meste veio” que são exaltados em nossas Rodas: ‘Capoera é A Vida’ (...) E-leitor, então, todo escravo, como aqui defini, é um ser capuerista. E agora, o que você faz, ou não faz, gingando pra se evoluir com a tua Capoera, na vida?! – Iêê, é hora é hora camará!