capoeira usada como terapia em unidade de saúde

Unidade de Saúde usa capoeira como terapia para pacientes

A capoeira está sendo usada como terapia na unidade básica de saúde Augusta, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Os pacientes da comunidade, na maioria idosos,  são convidados a participar da “capoterapia”, projeto do médico Edison Paula Brum, que teve início em maio. “Os movimentos da capoeira são adaptados ao público e respeitam os limites individuais. Com isso buscamos melhorar as condições físicas, a flexibilidade, a mobilidade, a convivência e diminuir níveis de estresse e pressão”, conta Brum.
A técnica de enfermagem Maria Helena Azevedo explica que, ao longo da semana, enquanto estão na sala de espera ou participam dos grupos de hipertensos e diabéticos, os pacientes são convidados a participar da atividade. “Explicamos que são alguns exercícios da capoeira adaptados aos idosos. É maravilhoso a universidade estar aqui. Eles vêm e mudam a rotina da unidade”, afirma Maria Helena.
Cerca de 30 pessoas participaram da atividade, as aulas são realizadas todas as terças-feiras, das 16h às 17 horas no Espaço Saúde da unidade, com duração de uma hora. Os alongamentos e movimentos são propostos e supervisionados pelos universitários, que têm experiência em capoeira. “Temos aulas de geriatria na universidade, mas não esse contato tão próximo com os pacientes. É gratificante ver a felicidade deles e saber que podemos trabalhar com a prevenção”, afirma o estudante de Medicina Maurício Littieri, de 24 anos.
O levantamento dos resultados obtidos com o projeto deve ser feito até o final do ano. Ainda não há definição sobre a possibilidade de expansão da atividade.
COM INFORMAÇÕES DA PREFEITURA DE CURITIBA.

ESCRITO POR: ANDREZA ROSSINI

DEIXE UMA RESPOSTA

RECEBA NOSSO INFORMATIVO DIÁRIO

J. MALUCELLI

PARANÁ PORTAL

Rua Carlos de Carvalho, 417, mezanino 
Curitiba - Paraná

Postar um comentário

0 Comentários