Principais notícias

E.U.A tenta patentear a capoeira do Brasil

Mestre Gato da Senzala, leva Mestre Bimba em seu carro para a rodoviária "Novo Rio" para que ele voltasse a Bahia em 1969.
Quando se aborreceu no "Simpósio de Capoeira em 1969", Mestre Bimba percebeu que estava "aquartelado" no segundo dia, e foi embora.
Mestre Bimba estava certo, dentro do evento estava cheio de agentes do SNI - Serviço Nacional de Informações. Os militares tomaram conta da capoeira por dez anos.
 Os americanos queriam ser donos da capoeira, já que a proposta de patente foi enviado por duas vezes ao congresso americano e não passou. Essa foi nossa sorte! Se não a capoeira seria americana.
O Presidente Medici, mobilizou aviões da FAB - Força Aérea Brasileira, para trazer todos os Mestres da capoeira do Brasil para o Rio de Janeiro, através dos servições do C.A.M  - Correio Aéreo Nacional.

Todos os Mestres ficaram na Base do Campos dos Afonsos, onde foi o Simpósio nos dias: 08 a 10 de Novembro de 1969.
 A partir deste dia, a capoeira é "padronizada"e entregue nas mãos dos capoeiras.
 Isso foi em 1969, quando o Brasil descobriu que o governo dos planos dos americanos em ter a capoeira. A ditadura "malandramente"queria saber se os capoeiras eram contra a ditadura de 1964.
 O triunfo da capoeira foi o Mestre Gilberto da Barra, que tinha como aluno o filho do Presidente do Brasil, Presidente Medici(filho do Pres. Medici era Henrique Medici).
Nota: O pai tambem do Mestre Mendonça era Coronel, que posteriormente chegou a General, o Grande General Mendonça.
Parabéns Mestre Gato da Senzala.

Fonte:
Texto de Mestre Gegê - Depoimento obtido em bate papo na casa do Mestre Elias Senzala.









Geraldo da Costa Filho - (Especialista em História Social do Brasil)

Nenhum comentário

Obrigado por dividir conosco sua opinião.
Para nós ela é muito importante!

Abraços,